Pandemia de coronavírus provoca cancelamento de eventos e atrações culturais

Patricia Braga

Por Patricia Braga

Jornalista e Bacharel em Letras. Tem ampla experiência com produção e revisão de conteúdos jornalísticos e materiais de apoio, tendo passado pelos setores de construção sustentável, crédito imobiliário, comércio e varejo.

Pandemia de coronavírus provoca cancelamento de eventos e atrações culturais


Considerando a recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus, instituído pela Resolução nº 27, de 13 de março de 2020, do Secretário de Estado da Saúde, que aponta a crescente propagação do coronavírus no Estado de São Paulo, bem assim a necessidade de promover e preservar a saúde pública, o Governo do Estado de São Paulo, através do DECRETO Nº 64.862, DE 13 DE MARÇO DE 2020,  determinou entre outras restrições, a suspensão de todas as atividades dos equipamentos culturais, como museus, bibliotecas, teatros e centros culturais por tempo indeterminado. A potência e rapidez de contaminação do novo vírus, fez com que o Ministério da Saúde recomendasse também o cancelamento de diversos eventos, afim de evitar aglomerações de pessoas tais como, espetáculos, festivais de música, peças teatrais, até mesmo salas de cinema, entre outros.

No dia 20 de março o Governo do Estado e a prefeitura de São Paulo decretaram estado de calamidade pública determinando assim o fechamento também de parques municipais e instituições públicas importantes como Poupatempo e Detran até 30 de abril. De acordo com o governador João Dória, os atendimentos serão realizados via telefone, e-mail e internet. 

 

Na cidade de São Paulo, o cancelamento dos eventos foi determinado pela Secretária Municipal de Cultura (SMC) e para evitar possíveis prejuízos aos artistas contratados, a Secretária colocou à disposição a repactuação de datas e períodos de vigência das contratações artísticas e parcerias. As novas datas serão informadas à população por meio do site e redes sociais da SMC.

Veja alguns dos principais eventos e atrações cancelados ou adiados devido à pandemia

 O SESC (Serviço Social do Comércio) determinou o fechamento de todas as unidades até 31 de março;

Lollapalooza Brasil 2020, que estava prevista para acontecer em 13 de março, foi adiada para 4 e 6 de dezembro deste ano;

16ª edição da SP-Arte, que aconteceria de 1º a 5 de abril, no Pavilhão da Bienal, também foi adiada;

São Paulo Fashion Week N49 comunicou o cancelamento dos desfiles previstos de 24 a 28 de abril;

A Inauguração da Nova Sede do instituto de Arte Contemporânea, que aconteceria dia 14 de março;

Centro Cultural FIESP São Paulo suspendeu todas as suas atividades por tempo indeterminado a partir do dia 13 de março;

Itaú Cultural São Paulo cancelou toda sua programação prevista para o mês de março;

 A Virada Cultural, que geralmente acontece em maio, foi prorrogada para setembro;

Lenine informou sobre a prorrogação de seu show, no teatro Opus, de março para julho;

 O Festival de Música em Trancoso também teve suas atrações canceladas;

 O Espaço das Américas adiou diversos shows e festivais que aconteceriam neste mês;

 O Festival de Teatro, que ocorre todo ano em Curitiba, foi reagendado para setembro. A edição deste ano estava prevista para março.

 A Mostra Internacional de São Paulo (MITsp) também suspendeu suas apresentações;

 Salas de diversos teatro, entre eles Teatro Alpha, Teatro Vivo, Teatro Renaissance, Teatro Municipal também suspenderam as programações. 

Festivais, salas de cinemas e eventos cinematográficos como CinemaCon, Mostra Tiradentes –SP, O Centenário – Felolni no Mundo, tiveram suas apresentações adiadas após recomendações das autoridades municipais e estaduais;

Biblioteca Nacional suspendeu as atividades por 15 dias;

Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, acontecerá somente em agosto. 

 A Editora Companhia das Letras adiou também diversos lançamentos.

 Espaços Culturais públicos como Centro Cultural de São Paulo (CCSP), Museu da Cidade de São Paulo, Centro de Referência de Dança e outros centros culturais da cidade também foram fechados;

Centro Cultural Banco do Brasil, suspendeu suas atividades em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte;

Instituto casa Roberto Marinho também está fechado para o público;

Tarsila Amaral na Fábrica de Arte Marcos Amaro em Itu também foi adiada;

 O MAC-SP, MAM-SP, MAM-RJ, Masp, Museu Imperial - RJ, Museu da Casa Brasileira - SP, Parque Lage – RJ, Museu da Inconfidência – BH, MuBE – SP, entre outros espaços.

 

Conteúdos Relacionados

Do rock ao samba, do funk ao MPB, do Rap ao Reggae, o Festival Fico Em Casa BR, que ocorre entre os dias 24 e 27 de março te conduzirá para diferentes lugares, sem sair de casa!

O Coletivo Usina dos atos criou o Programa Clube de atividades, iniciativa que integra ações de economia solidária, redes de cooperação, desenvolvimento sustentável e difusão cultu...

O Sesc Avenida Paulista será palco do Seminário Perspectivas Anticoloniais, que ocorrerá durante os dias 6 e 7 de março. Quatro mesas diferentes conduzirão o encontro.

Hoje, 04/03, às 19h30 no Grande Hall, com a curadoria de Luise Malmaceda, o Instituto Tomie Ohtake promoverá um debate sobre o direito à memória como programação paralela de CANÇÕE...

Pesquise sobre o assunto desejado no Portal Usina dos Atos!