O COLETIVO USINA DOS ATOS considera essencial a formação do pensamento crítico e, sobretudo, a manifestação do ser humano enquanto agente de transformação. Ao pensarmos em uma sociedade justa e propositiva, visualizamos diferentes atores e movimentos sociais, espaços da cidade e Instituições atuando de forma cooperada, formulando políticas públicas e contribuindo para o desenvolvimento sustentável. Parece Utópico? Talvez seja, mas esse é o desafio da nossa existência!

Temos como princípio desenvolver ações que valorizam a natureza de cada pessoa, que provoquem o autoconhecimento e estimulem o olhar para o futuro, em prol de seus projetos de vida, mas sem perder de vista seu papel político e social no coletivo.

 

Missão
Missão
Visão
Visão
Valores
Valores

Vídeo

Pilares

A Cidade como laboratório

Para nós é preciso compreender todos os espaços do bairro e da cidade onde vivemos, como um grande laboratório de experiências educativas e transformadoras. Repensar a escola formal como espaço exclusivo de aprendizagem, e sim como mais um agente pedagógico que mobiliza reflexões e media conhecimentos. É importante considerar o potencial pedagógico das ruas, praças, museus, do transporte público e de tantos outros espaços, instituições e agentes sociais que formam uma cidade educadora.

Cultura como potência

Todo ser humano tem Cultura. Ela habita cada um a partir de suas referências de mundo, histórias e ancestralidades. Acreditamos que é importante valorizar os saberes e fomentar o desenvolvimento cultural que emerge de cada ser humano. Para nós a Cultura é o bem mais precioso do processo de educar.

Educação para a Consciência

Temos como norte a ideia de uma formação continuada ao longo da vida, onde o despertar da Consciência se sobrepõe a ideia de obediência cega. Valorizamos as subjetividades e atitudes e não a ‘nota alta’, o diálogo e a corresponsabilidade, partindo do pressuposto de que cada individuo deve ter dimensão do impacto de suas escolhas, falas e ações na vida em sociedade. E só é possível reconhecer esses impactos despertando empatia e alteridade.

E Política como princípio

Compreendemos a política como preponderante nas relações humanas, é necessário ampliar o olhar e perceber suas nuances para além do cenário político e o simples ato de votar. Qual o nosso papel na sociedade? Qual o peso de nossas atitudes nas diversas relações que constituímos ao longo da vida, em casa, no trabalho, com os amigos e por que não com os desconhecidos, com quem interagimos no cotidiano da cidade? Até quando vamos nos manter intocáveis “não é comigo”

Nossos Projetos

Pesquise sobre o assunto desejado no Portal Usina dos Atos!